Sugestões de leitura
Início do Portal Tuia.com.brHome Sugestões de leitura Considerações finais

Alfaiates
República de 1817
Balaiada
Backmans
Cabanada
Cabanagem
Canudos
Chibata
Guerra do Contestado
Guerra dos Emboabas
Confederação do Equador
Revolução Farroupilha
Revolução de 1924
Revolução de 1930
Revolução de 1932
Revolução de 1964
Forte de Copacabana
Guerra do Paraguai
Inconfidência Mineira
Índios: A luta de 500 anos
Intentona Comunista
Invasões holandesas
Revolta de Juazeiro
Cangaço
Guerra dos Mascates
Negros - A luta inconclusa
Revolução Praieira
Coluna Prestes
Quebra-quilos
Revolta do Malês
Revolta da Sabinada

Lutas Brasileiras

Sugestões de Leitura e Bibliografia

Não existe muitos livros sobre lutas do povo brasileiro e outras lutas brasileiras.

Podemos indicar aqui alguns dentre deles:

bullet"A Balaiada" de Maria de lourdes MônacoJanotti (Brasiliense, 1987), bastante resumido
bullet"A Balaiada", de Rodrigo Otávio ( Imprensa Nacional, 1942 ), este livro além de ser útil para situar os fatos aborda o tema com maior amplitude e se aprofunda no da conjuntura política.
bullet"A Balaiada e a Insurreição de escravos no Maranhão", de Maria Januária Vilela Santos, ( Ática, 1983 ), também oferece uma visão ampla do movimento.
bullet"Tiradentes a alguma verdade", de Sérgio Faraco ( Civilização, 1980 ). Este livro trata da desmistificação de Tiradentes.
bullet"Tiradentes, o mito e a nação", também de Sérgio Faraco ( Ciar, 1982 ), onde analiza a reação ao seu primeiro livro.
bullet"Tiradentes", de Edgar Luís de Barros, ( Moderna, 1985 ). Trata seriamente do herói e o coloca diante dos fatos políticos. Sobre Tiradentes existem outras obras mais, mas por serem mais interessantes, estes foram listados.
bullet"A Revolução Farroupilha" ( Mercado Aberto, 1985 ) ,organizado por Sandra J. Pesavento, é uma obra esclarecedora sobre a Revolta dos Farrapos, desmentindo a versão oficial que se consolidou sobre a rebelião. A versões oficiais "A Epopéia farroupilha", de Valter Spalding ( Biblioteca do Exército, 1963 ) e "Guerra do Farrapos", de Castlhos Goycocheia ( s/i, 1938 ) merece ser cotejada com esta obras, pois mostra uma história movida pela vontade dos grandes homens.
bullet  Outras Rebeliões como Praieira ou Cabanada existe poucas obras específicas. Fatos e documentos interessantes são abordados como por exemplo em "A Insurreição Paraieira", de Edson Carneiro ( Conquista, 1960 ). Na obra de Décio Freitas em "Os Guerrilheiros do Imperador", ( Graal, 1982 ). O autor descreve a motivação das lutas e que, o povo não é "a canalha ". Por isso essa obra é muito boa e merece ser analisada com carinho. 
bulletOutro movimento pouco estudado é a Cabanagem. A "Cabanagem, o povo no poder", de Júlio José Chiavenato ( Brasiliense, 1984 ) só esta obra, nos últimos cinquenta anos, procura resgatar o movimento popular. Esse movimento é o único na história braileira pelo qual o povo de fato chegou ao poder.
bulletOutro movimento de um livro só é o do Quebra-quilos. O livro "Quebra-quilos, lutas sociais no outono do Império", de Armando Souto Maior, ( Nacional, 1978 ), é um excelente trabalho reconstruido sobre todo o ambiente de revolta e mostrando suas raízes mais profundas.
bulletSobre índios e negros existe centenas de títulos. Destacamos aqui: "Palmares, a guerra dos escravos", ( Graal, 1981 ) e "Escravidão de índios e negros no Brasil", ambos os livros de Décio de Freitas ( Escola Superior de Teologia São Lourenço de Brindes, 1980 ). Aida rxiste "Rebeliões da Senzala"de Clóvis Moura ( Conquista, 1972 ), e estes três outro de Júlio José Chiavenato: O negro no Brasil" ( Brasiliense, 1987 ) , "Genocídio americano" ( Brasiliense, 1987 ) e "Os voluntários da pátria" ( Global, 1987 ). Nestas três obras o autor relaciona a história dos negros com a formação do exército brasileiro e a Guerra do Paraguai. Sobre o abolucionismo a obra "Rebeldia negra e abolucionismo" de Lana Lage de Gama Lima, ( Achiamé, 1981 ) e o clássico de Joaquim Nabuco, "O abolicionismo"( IPE, 1949 ), são obras interessantes e este último mostra a elite branca lúcida sobre esse fato.
bulletSobre a Guerra de Canudos, por outro lado é rica em sua bibliografia. Mas a obra clássica desse movimento sem sombra de dúvida é  "Os Sertões", de Euclides da Cunha, ( Brasiliense, 1985), embora se perceba os preconceitos raciais do autor. Também destacamos "No calor da hora"de Walnice Nogueira Galvão, ( Ática, 1974 ) e "A guerra social de Canudos"de Edmundo Moniz, ( Civilização, 1978 )
bulletSobre as lutas do povo brasileiro a obra que aborda os temas diversos das insurreições, revoltas e rebeliões, sobre os anseios desta grande nação em seu intelecto, sobre diversos objetivos., enfim,  de leitura agradável, faz aguçar a curiosidade e desvendar muito do que é desconhecido do povo brasileiro da atualidade é a obra "As Lutas do Povo Brasileiro: do Descobrimento a Canudos",de Júlio José Chiavenato, ( Moderna, 1988 ) 
bulletHistória econômica do Brasil e Evolução política do Brasil de Caio Prado Júnior , ( Brasiliense, 1979 e 1983 )
bulletBrasil História, de Antonio Mendes Jr., Luiz Roncari e Ricardo Maranhão
bulletRaízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Hollanda, ( José Olímpio, 1978 )
bulletA história militar do Brasil, de Nelson Werneck Sodré ( Civilização, 1979 )
bulletHistória do Brasil Volume 2 , de Osvaldo Rodrigues de souza, ( Ática, 1992 )
bulletHistória do Brasil: Volume 2 Império e República de Francisco de Asis Silva (Moderna, 1990 )
bulletHistória do Brasil, 2º Grau de Elian Alabi Lucci ( Saraiva, 1987 )
bulletHistória do Brasil de Nelson Piletti ( 2º grau e vestibulares ( Ática, 1984

 














História Geral
História do Brasil
Constituições
Lutas do Povo   Revoluções
Datas Importantes
Familias dos Presidentes
Tratados 
Vídeos Históricos

História do Brasil  |  Família | Educação e Cultura   |  Esporte e Lazer  |Religião  |  Direito Brasileiro   |  Meio Ambiente  |  Músicas  | Notícias, Casos, Contos e Causos  |  Sabesp 

    Topo da Página            Início do Site

Websites [ Tuia.com.br ]                                 Bloco: Lutas Brasileiras
Faustino Emílio da Silva          Contatos: Faust@tuia.com.br.
Última atualização: sábado, 20 de novembro de 2010