Guerra do Paraguai
Início do Portal Tuia.com.brHome Sugestões de leitura Considerações finais

Alfaiates
República de 1817
Balaiada
Backmans
Cabanada
Cabanagem
Canudos
Chibata
Guerra do Contestado
Guerra dos Emboabas
Confederação do Equador
Revolução Farroupilha
Revolução de 1924
Revolução de 1930
Revolução de 1932
Revolução de 1964
Forte de Copacabana
Guerra do Paraguai
Inconfidência Mineira
Índios: A luta de 500 anos
Intentona Comunista
Invasões holandesas
Revolta de Juazeiro
Cangaço
Guerra dos Mascates
Negros - A luta inconclusa
Revolução Praieira
Coluna Prestes
Quebra-quilos
Revolta do Malês
Revolta da Sabinada

Guerra do Paraguai
Os motivos do conflito armado, Tomada de Corrientes, Batalha de Riachuelo, a Tríplice Aliança entre Uruguai, Brasil e Argentina

Duque de Caxias - história do brasil
Duque de Caxias : um dos líderes brasileiros no combate

A Guerra do Paraguai teve seu início no ano de 1864, a partir da ambição do ditador Francisco Solano Lopes, que tinha como objetivo aumentar o território paraguaio e obter uma saída para o Oceano Atlântico, através dos rios da Bacia do Prata. Ele iniciou o confronto com a criação de inúmeros obstáculos impostos às embarcações brasileiras que se dirigiam a Mato Grosso através da capital paraguaia.

Visando a província de Mato Grosso, o ditador paraguaio aproveitou-se da fraca defesa brasileira naquela região para invadi-la e conquistá-la. Fez isso sem grandes dificuldades e, após esta batalha, sentiu-se motivado a dar continuidade à expansão do Paraguai através do território que pertencia ao Brasil. Seu próximo alvo foi o Rio Grande do Sul, mas, para atingi-lo, necessitava passar pela Argentina. Então, invadiu e tomou Corrientes, província Argentina que, naquela época, era governada por Mitre. 

Decididos a não mais serem ameaçados e dominados pelo ditador Solano Lopes, Argentina, Brasil e Uruguai uniram suas forças em 1° de maio de 1865 através de acordo conhecido como a Tríplice Aliança. A partir daí, os três paises lutaram juntos para deterem o Paraguai, que foi vencido na batalha naval de Riachuelo e também na luta de Uruguaiana. 

Esta guerra durou seis anos; contudo, já no terceiro ano, o Brasil via-se em grandes dificuldades com a organização de sua tropa, pois além do inimigo, os soldados brasileiros tinham que lutar contra o falta de alimentos, de comunicação e ainda contra as epidemias que os derrotavam na maioria das vezes. Diante deste quadro, Caxias foi chamado para liderar o exército brasileiro. Sob seu comando, a tropa foi reorganizada e conquistou várias vitórias até chegar em Assunção no ano de 1869. Apesar de seu grande êxito, a última batalha foi liderada pelo Conde D`Eu (genro de D. Pedro II). Por fim, no ano de 1870, a guerra chega ao seu final com a morte de Francisco Solano Lopes em Cerro Cora. 

Conclusão: Antes da guerra, o Paraguai era uma potência econômica na América do Sul. Além disso, era um país independente das nações européias. Para a Inglaterra, este país era um exemplo que não deveria ser seguido pelos demais países latino-americanos, que eram totalmente dependentes do império inglês. Foi por isso, que os ingleses ficaram ao lado dos países da Tríplice Aliança, emprestando dinheiro e oferecendo apoio militar. Era interessante para a Inglaterra enfraquecer e eliminar um exemplo de sucesso e independência na América Latina. Após este conflito, o Paraguai nunca mais voltou a ser um país com um bom índice de desenvolvimento econômico, pelo contrário, passa atualmente por dificuldades políticas e econômicas.

 














História Geral
História do Brasil
Constituições
Lutas do Povo   Revoluções
Datas Importantes
Familias dos Presidentes
Tratados 
Vídeos Históricos

História do Brasil  |  Família | Educação e Cultura   |  Esporte e Lazer  |Religião  |  Direito Brasileiro   |  Meio Ambiente  |  Músicas  | Notícias, Casos, Contos e Causos  |  Sabesp 

    Topo da Página            Início do Site

Websites [ Tuia.com.br ]                                 Bloco: Lutas Brasileiras
Faustino Emílio da Silva          Contatos: Faust@tuia.com.br.
Última atualização: sábado, 20 de novembro de 2010