Cabanagem
Início do Portal Tuia.com.brHome Sugestões de leitura Considerações finais

Alfaiates
República de 1817
Balaiada
Backmans
Cabanada
Cabanagem
Canudos
Chibata
Guerra do Contestado
Guerra dos Emboabas
Confederação do Equador
Revolução Farroupilha
Revolução de 1924
Revolução de 1930
Revolução de 1932
Revolução de 1964
Forte de Copacabana
Guerra do Paraguai
Inconfidência Mineira
Índios: A luta de 500 anos
Intentona Comunista
Invasões holandesas
Revolta de Juazeiro
Cangaço
Guerra dos Mascates
Negros - A luta inconclusa
Revolução Praieira
Coluna Prestes
Quebra-quilos
Revolta do Malês
Revolta da Sabinada

Lutas BrasileirasCabanagem - a luta do povo no poder ( Grão-Pará 1835 a 1840 )

A província do Grão-Pará, englobava os atuais estados do Pará, parte do Amazonas, Amapá e Roraima, tinha por base a economia: pesqueira, a produção de cacau , a extração de madeiras e exploração das drogas do sertão. utilizava-se a mão-de-obra escrava negra e a de índios que viviam em aldeias ou já estavam destribalizados e submetidos a um regime de semi-escravidão.

Os negros, índios e mestiços compunham a maioria da população inferiorizada do Grão-Pará e viviam agrupados nas pequenas ilhas e na beira dos rios em cabanas miseráveis ( daí o nome de cabanos, como eram conhecidos ).

O movimento começou a se manifestar quando a economia da província estava em decadência. Essa massa de miseráveis negros, índios, mulatos, cafuzos, tapuios e brancos pobres queria escapar da miséria e deseja condição de vida melhor e mais humana onde eles próprios decidem como fazer isto.

A princípio os cabanos foram liderados por grupos de elite que disputavam o poder, mas insatisfeitos, resolveram assumir sua própria luta contra a miséria, o latifúndio, a escravidão e os abusos das autoridades. O movimento foi se evoluindo e fortaleceu a ponto dos cabanos invadirem Belém, a capital da província e depuseram o governo local imposto pelos regentes e eles próprios assumirem o poder.
Formou-se então o único governo no Brasil composto de índios e camponeses.

Entretanto, os cabanos não estavam preparados para organizar um governo capaz de controlar as divergências entre eles, foram tomados por conflitos radicalizados e violência, além de traição de alguns chefes, que chegaram a ajudar as tropas e os navios enviados pelo governo central. Esses fatores causaram o fracasso do movimento.

Os soldados do governo central venceram os cabanos na capital, mas eles reorganizaram as massas rurais e continuaram lutando até 1840, quando não puderam resistir mais e foram obrigados a aceitar a pacificação.

A Cabanagem foi o movimento popular mais importante do Brasil. Foi o único em que representantes das camadas humildes ocuparam o poder em toda a província. Esse movimento deixou um saldo de 40 mil mortos. Era o mais claro exemplo de que a classe dominante não admitia a ascensão do povo no poder, nem as manifestações populares que colocassem em risco o domínio político da aristocracia.

 














História Geral
História do Brasil
Constituições
Lutas do Povo   Revoluções
Datas Importantes
Familias dos Presidentes
Tratados 
Vídeos Históricos

História do Brasil  |  Família | Educação e Cultura   |  Esporte e Lazer  |Religião  |  Direito Brasileiro   |  Meio Ambiente  |  Músicas  | Notícias, Casos, Contos e Causos  |  Sabesp 

    Topo da Página            Início do Site

Websites [ Tuia.com.br ]                                 Bloco: Lutas Brasileiras
Faustino Emílio da Silva          Contatos: Faust@tuia.com.br.
Última atualização: sábado, 20 de novembro de 2010