Datas Importantes
Ver Email  Site de mesma autoria Bonavisa.com e Cki.com.br    Visitante nº :

História Geral
História do Brasil
Constituições
Lutas do Povo   Revoluções
Datas Importantes
Familias dos Presidentes
Tratados 
Vídeos Históricos 


ESTAS SÃO AS DATAS QUE MARCARAM OS ACONTECIMENTOS MAIS IMPORTATNTES NA HIST'ORIA DO BRASIL

22/04/1500 Descobrimento do Brasil pelos portugueses ( Pedro Álvares Cabral ), quando chegou com sua esquadra em Porto Seguro, na Bahia.

De 22/04/1500 a  1815. O Brasil esteve na condição de colônia da metrópole de Portugal.

Em 1532 Martim Afonso de Souza, funda Sào Vicente, a primeira Vila brasileira

Em 1534 o Brasil foi dividido em 15 Capitanias Hereditárias entregues em usufruto a capitães-donatários e seus descendentes que, por sua conta, promoveriam a defesa local e a colonização.

Em 1548 D.João III estabelece um Governo Geral no Brasil

Em 1549 Chega ao Brasil o Primeiro Governador Geral, Tomé de Souza. É fundada a cidade de Salvador.

Em 1548 A monarquia portuguesa implantou no Brasil, um Governo Geral, devido ao fracasso das capitanias hereditárias.. O Brasil inicialmente, com sede em Salvador na Bahia, teve três governadores gerais: O 1º foi Tomé de Sousa, o 2º foi Duarte da Costa, e o 3º foi Mem de Sá. Depois da morte de Mem de Sá, Portugal dividiu o Brasil em dois governos gerais, um com sede em Salvador e outro com sede no Rio de Janeiro. Entretanto essa divisão não trouxe o resultado esperado e os governos gerais foram unificados novamente em 1578, com sede única em Salvador.

Em 1554. Fundação do Colégio dos jesuítas pelos  padres Manoel da Nóbre e José de Anchietae. O povoado que seformou em torno dele surgiu a cidade de Sào Paulo de Piratininga.

Em 1555 Os Franceses chefiados po Nicolau Durand de Villegagnon, ocupam a cidade do Rio de Janeiro.

Em 1557 Mem de Sá é nomeado Governador Geral do Brasil. A Colônia é reunificada e tem Salvador como capital do Brasil.

Em 1565 Estácio de Sá funda a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.

De agosto de 1580 a 1640, Houve a união das coroas ibéricas, ou seja, Portugal e a Espanha formavam um só Reino. Em 1581 Felipe II fez um acordo, o "Juramento de Tomar", pelo qual foi estabelecido a união dos dois reinos e ele o soberano.

Em 1624 Salvador é ocupada pelos holandeses, que são expulsos no ano seguinte.

Em 1693 Surgiu as primeiras descobertas de ouro em Minas Gerais.

Em 1708 Guerra dos Emboabas em Minas Gerais. Motivo: descobertas do ouro.

Em 1710 Guerra dos Mascates em Pernambuco.

Em 1720 Torna-se oficial o Vice-Reino do Brasil.

Em 1788 Inicia-se a Inconfidência Mineira.

Em 21/04/1792 Enforcamento de Tiradentes (Joaquim José da Silva Xavier) na cidade do Rio de Janeiro, no campo de São Domingos e seu corpo esquartejado foi colocado à execração pública pelas ruas de Vila Rica, hoje chamada Ouro Preto. Foi o marco maior da Inconfidência Mineira da qual participaram Cláudio Manuel da Costa, Tomás Antonio Gonzaga, Alvarenga Peixoto, Francisco de Paula Freire, o cônego Luís Vieira da Silva e outros.

Em 1798 Acontece em Salvador a Revolta dos Alfaiates ou Conspiração Baiana.

Em 1808 A Família Real Portuguesa se transfere para o Brasil e abre os Portos às naçoes amigas. ë impresso o 1º Jornal no Brasil: a Gazeta do RIo de Janeiro.

Em 1815 O Brasil foi elevado à categoria do "Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves". Por essa época D. João, era o príncipe regente de Portugal em lugar de sua mãe D. Maria I, a louca, de todas as terras pertencentes ao novo Reino.

Em 1816. Com a morte de D. Maria I, D. João foi aclamado e coroado rei do Reino Unido, com o título de D.João VI, em 1818.

Em 1821 D. Pedro de Alcântara, filho de D. João VI é nomeado Príncipe regente do Brasil.

Em 1822 D. Pedro se compromete ficar no Brasil "Dia do Fico"

Em 07/09/1822. Proclamação da Independência por D. Pedro I, às margens do riacho Ipiranga em São Paulo. D. Pedro é aclamado Imperador.Inicia-se nessa data o 1º Reinado do Brasil.

Em 1824 É outorgada a Primeira Constotuição do Brasil

Em 07/04/1831. Abdicação de D. Pedro I, diante de sua impopularidade crescente no Brasil e a disputa do trono português com o seu irmão. Então, preferiu abdicar do trono do Brasil em favor de seu filho D. Pedro de Alcântara, que estava com 5 anos de idade, para assumir o trono em Portugal. Termina nessa data o 1º Reinado do Brasil

De 07/04/1831 a 23/07/1840. Período Regencial no Brasil, durante a menoridade de D. Pedro de Alcântara.

Em 1835 Guerra dos Farrapos.

Em 1837 Revolta da Sabinada na Bahia.

Em 1838 Inicia-se a Revolta da Balaiada no Maranhão.

Em 23/07/1840. Declaração da maioridade de D. Pedro de Alcântara, com 15 anos de idade.Torna-se imperador do Brasil com o nome de D.Pedro II. Tem início o 2º Reinado do Brasil que vai até 15/11/1889..

Em 1841 D.Pedro é coroado e sagrado como novo Imperador com o título de D. Pedro II. 

Em 1842 Acontece a Revolta Liberal em São Paulo.

Em 1848 Acontece a Revolta Praieira em Pernambuco.

Em 1864 O Paraguai declara guerra ao Brasil.

Em 1872 O 1º Censo realizado no Brasil revela uma população de 9.930.478 habitantes.

Em 13/05/1888. Libertação dos Escravos através da Lei Áurea assinada pela Princesa Isabel quando estava substituindo D. Pedro II no trono

Em 15/11/1889. Proclamação da República pelo marechal Deodoro da Fonseca, colocando fim ao sistema de governo monárquico, e dando um ultimato à família real de D. Pedro II para que deixasse o Brasil.

Em 1891 Foi promulgada a 1º Constituição republicana do Brasil. A Constituinte elege o Marechal Deodoro da Fonseca como Presidente da República, mas no fim do mesmo ano renuncia a Presidência e é substituido pelo Marechal Floriano Peixoto

Em 1893 Acontece a Revolta de Canudos , a Revolução Federalista do Rio Grande do Sul e a Revolta Armada do Rio de Janeiro.

Em 1910 O Matrchal Hermes da Fonseca é eleito Presidente da República. Acontece a Revolta da Chibata.

Em 1912 Tem início a Campanha do Contestado

Em 1917 Navios brasileiros são torpedeado, e é declarada guerra a Alemanha

Em 02/03/1928. Empresários paulistas fundam o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo ( CIESP ).

01/06/1928 Toma posse a 1º diretoria do CIESP. O presidente é o Conde Francisco Matarazzo.

Em 1930 Júlio Prestes é eleito presidente da República. Surgem então revoluções no Rio Grande do Sul, Minas Gerais e estados do nordeste.Getúlio Vargas assume o comando da Revolução Liberal e vence as forças legalistas. 

Em 24/10/1930. Golpe de Estado, dado por militares depondo o presidente da República Washington Luís, impedindo a posse do presidente eleito Júlio Prestes. Nessa data, encerrou a fase da República Velha. O poder foi entregue provisoriamente a Getúlio Dornelles Vargas, chefe do movimento revolucionário, a 3 de novembro de 1930.

Em 19/03/1931 É promulgado o Decreto Federal nº 19.770, que per,ite a criação de sindicatos patromais e de operários,

Em 1932 O novo Código eleitoral estabelece voto secreto e obrigatório. As mulheres ganham o direito de votarem e serem votadas. Também é Criada a Justiça Eleitoral

Em 09/07/1932. Início da Revolução Constitucionalista em São Paulo. MMDC, símbolo do movimento, foram as iniciais dos nomes Martins, Miragaia, EDráusio e Camargo; jovens estudantes mortos em 23/05/1932 , . Movimento esse, que reivindicava uma nova Constituição para o Brasil.

Em 1932 A jornada de trabalho na indústria é fixada em 8 horas pelo Decreto nº 21.350. O governo baixa decreto estabelevendo o princípio de "Salário igual para trabalho igual" regulamentando o trabalho feminino e proibindo o trabalho das mulheres grávidas um mês antes e um mês depois do parto.

Em __01/1933 Instala-se no Rio de Janeiro, a Confederação Industrial do Brasil

Em 1934 Getúlio Vargas é eleito pelo Congresso Nacional presidente da República.

Em 21/09/1934 O Governo do Estado de São Paulo declara a FIESP, como órgão de utilidade 'pública, através do Decreto nº 6.695.

Em 1935 Acontece a Intentona Comunista. Luís Carlos Prestes e sua mulher Olga Benário que lideravam os movimentos comunistas são presos e olga Benário é deportada para a Alemanha Nazista onde morre em câmara de gás.

Em 22/03/1937 Os sindicatos associados à FIESP, fundam uma FederaçÃo de sindicatos, a Federação das Indústrias Paulistas, a FIP.

Em 10/11/1937. Golpe de Estado dado por Getúlio Vargas, implantando uma ditadura no Brasil, cujo nome ficou conhecido como Estado Novo.

De 10/11/1937 a 29/10/1945. Vigorou a ditadura do Estado Novo.

Em 1938 A Confederação Industrial do Brasil ( CIB ) se transforma em Confederação Nacional da Indústria ( CNI )

Em 1940 É anunciado a criação do salário mínimo.

Em 1941 É criada a Justiça do Trabalho.

Em 1942 É criado o SENAi, por iniciativa de empresários liderados por Roberto Simonsen e Roberto Mange.

Em 11/05/1942 Extingue-se a FIP. A FIESP é reconhecida como entidade sindical.

Em 07/09/1942 Renasce em São Paulo o CIESP, com a mesma denominação com que foi criado em 1928.

Em 1943 Entra em vigor a Consolidação das Leis do Trabalho ( CLT ), reunindo todas as resoluções tomadas desde 1930 na área trabalhista.

Em 29/10/1945. Deposição de Getúlio Vargas pelos chefes militares.Assume interinamente o Ministro do Supremo Tribunal Federal José Linhares. Realiza-se então eleições para Presidência da República e é eleito o Marechal Eurico Gaspar Dutra.O Congresso eleito se transforma na 4ª Assembléia Nacional Constituinte.

Em 1946 É criado o SESI por iniciativa de empresários liderados por Roberto Simonsen.

Em 1948 É aprovado o Estatuto do Forum Roberto Simonsen, órgão cultural e de debates dos nossos problemas sociais, econômicos, financeiros e técnicos.

Em 1950 Getúlio Vargas se candidata pelo Partido Trabalhista Brasileiro ( PTB ) e é eleito presidente da República.

Em 1954 Em meio a uma crise político-militar, Getúlio Vargas comete suicídio. O Vice-presidente João café Filho assume o governo.

Em 1955 Juscelino Kubitschek de Oliveira é eleito Presidente da República.

Em 1957 É iniciada a construção de Brasília.

Em 1960 Jânio da Silva Quadros é eleito Presidente do Brasil.

Em 1961 Jânio Quadros renuncia e na ausência do vice-presidente João Goulart, Ranieri Mazzilli, presidente da Câmara, assume a Presidência da República.O regime parlamentarista de governo é aprovado pelo Congresso e João Goulart toma posse da Presidência e Tancredo Neves é Primeiro-Ministro.

De 07/09/1961 a 06/01/1963. Vigorou o sistema parlamentarista de governo no Brasil por pressão dos ministros militares, através de uma alteração na Constituição de 1946. Pela proposta do presidente João Goulart, houve um plebiscito e foi restabelecido o presidencialismo. Tancredo Neves, Brochado da Rocha e Hermes Lima, foram os primeiros-ministros desse período.

Em 31/03/1964. Ocorreu a revolução militar pela qual os chefes militares deram um golpe de Estado, depondo o presidente da República, João Belchior Marques Goulart (Jango ) e implantaram uma ditadura militar no Brasil.

Em 09/04/1964 Os Ministros militares o General Arthur da Costa e Silva, o Brigadeiro Francisco de Assis Correia de Melo e o Almirante Augusto Hamann Rademaker baixam o Ato Institucional nº 01 

Em 11/04/1964 O General Humberto de Alencar Castelo Branco é eleito pelo Congresso Nacional Presidênte da República.

De 31/03/1964 a 15/03/1985. Vigorou a ditadura do regime militar, cujos presidentes foram: Castelo Branco, Costa e Silva, a junta militar ( Lira Tavares, Augusto Redemaker e Márcio de Souza Melo ), Emílio Garrastazu Médici, Ernesto Geisel e João Baptista Figueiredo.

Em 05/08/1965 Nasce o Instituto Roberto Simonsen ( IRS ) em substituição ao Forum Roberto Simonsen, e com a mesma finalidade.

Em 1966 O Congresso Nacional elege como Presidente da República o Marechal arthur da Costa e Silva.

Em 1967 O Congresso Nacional promulga a Constituição de 1967

Em 1968 Costa e Silva assina o Ato Institucional nº 5 ( o AI 5 ), cassando mandato de parlamentares, direitos civís de cidadãos e pondo o Congresso em recesso.

Em 22/05/1969 O Congresso Nacional é reaberto depois de 10 meses de recesso e elege o General Emílio Garrastazu Médici como Presidente da República.

Em 1974 O Congresso elege o General Ernesto Geisel Presidente da república.

Em 1978 O Congresso Eleitoral elege o General João batista de Oliveira Figueiredo como Presidente.

Em 15/03/1985  Tancredo de Almeida Neves é eleito pelo Colégio Eleitoral, Presidente da República, mas, morreu em 21 de abril de 1985, antes de assumir. José Sarney, vice de Tancredo assumiu em seu lugar e iniciou-se emtão a Nova República, cujos Presidentes foram: José Sarney, Fernando Collor de Mello ( afastado por impeachement ), Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso ( em primeiro e segundo mandato )
e Luís Inácio Lula da Silva (eleito em primeiro e segundo mandato)

Em 1988 Foi promulgada a Constituição de 1988.

Em 1989 São realizadas as eleições diretas para a Presidência da República, depois de 29 anos. Eleito presidente Fernando Collor de Mello.

 

Fontes : História do Brasil de Nelson Piletti
             Livro do Trabalhador do SESI e SENAI

Site Relacionado Links abaixo www.cki.com.br

    História do Brasil  |  Família | Educação e Cultura   |  Esporte e Lazer  |Religião  |  Direito Brasileiro   |  Meio Ambiente  |  Músicas  | Notícias, Casos, Contos e Causos  |  Sabesp  |        

Topo da Página            Início do Site

Copyright © 2009 Websites [ tuia.com.br and cki.com.br ]    Bloco: Portal
       Contatos          tuia @cki.com.br
Todos os direitos reservados.
Última atualização: quarta-feira, 02 de junho de 2010